Oi e Tchau!

loja da Oi

Estou escrevendo esse post para relatar a experiência ímpar que tive com a operadora Oi.

21 de março (sexta-feira)

Estava passando em frente a uma loja da Oi no Shopping Esplanada Iguatemi de Sorocaba. Pensei em entrar para atualizar meus dados de débito em conta e aproveitar para consultar uma opção mais econômica.

Fui atendido pelo um vendedor, que me apresentou várias opções muito interessantes. Como não sabia exatamente o quanto estaria economizando, pedi ao vendedor para acessar a minha conta e ver qual era o meu plano atual.

Fiquei surpreso ao descobrir que estava pagando mais caro pelo mesmo plano ofertado pela loja. Como tenho duas linhas no meu nome, falei que ia pensar melhor sobre qual dos planos me atenderia. Mas enquanto isso, seria interessante atualizar o plano das duas linha para pagar o preço atual praticado na loja. Isso já seria uma economia e na minha opinião deveria acontecer automaticamente, mas OK.

O vendedor pediu minha assinatura em 2 novos contratos, sendo um para cada linha. Em cada um dos contratos, estava descrito um plano muito parecido com o que já estava utilizando: Oi 50 + pacote de 100Mb de internet. Teria então esse plano em cada uma das linhas. Perfeito!

Perguntei se ficaria algum momento sem linha. O vendedor disse que não. A única coisa que aconteceria, seria a cobrança proporcional dos dias que usei no plano antigo. A partir do momento em que estivesse funcionando o novo plano, seria cobrado o acordado no novo contrato. Faz sentido!

22 de março (sábado)

Surpresa! Uma das linhas ficou sem sinal.

Liguei na Oi para saber o que estava acontecendo e fui informado de a linha havia sido cancelada pela loja.

Informei que não havia pedido cancelamento e de que havia comigo um contrato dizendo que essa linha deveria estar no plano 50 com um pacote de 100mb de internet. Solicitei que a linha fosse ativada nessas condições. Recebi o infeliz prazo de até 7 dias para que a linha estivesse ativada novamente.

Relutei em ter que esperar até 7 dias por um problema gerado por um representante da Oi, mas fui obrigado a aceitar.

25 de março (segunda-feira)

Voltei à loja da Oi para ver se podiam solucionar o mal intendido. Por sorte encontrei o mesmo vendedor que me atendeu. Expliquei o que tinha acontecido com a linha mas ele disse que precisava falar com o Coordenador, pois não saber o que fazer nesse caso. Como o Jão não estava na loja, pediu que deixasse o telefone (pois é!) e que me retornaria com uma posição.

Quando o vendedor me ligou, pediu para que eu ligasse na Oi para solicitar a ativação da linha.

Informei que já havia feito isso dias atrás.

O vendedor então disse que iria falar novamente com seu coordenador e retornaria a ligação.

Mais tarde o vendedor me ligou dizendo que a linha não estava mais ativa, mas que poderia ativa um outro número para mim.

Meme y u no

Insisti que só queria a minha linha com o mesmo número ativado no plano que havíamos acertado em contrato.

Fui orientado então a aguardar o prazo passado pela Oi.

29 de março (sábado)

Ainda sem linha e cansado da ineficiência da Oi resolvi fazer portabilidade para a Claro.

Tudo foi muito simples! Fui até a loja da Claro e solicitei a portabilidade para as minhas duas linhas. A atendente da Claro me informou o prazo de 3 dias para que a portabilidade fosse feita. Me entregou novos chips com números temporários. Assim que ocorresse a portabilidade passaria para o número que eu já estava acostumado na Oi.

2 de abril (quarta-feira)

Uma das linhas passou a funcionar na Claro. Mas a linha problemática continuou com o número temporário.

Quando fui até a loja da Claro perguntar pela linha em que a portabilidade não havia ocorrido. Fui informado de que a Oi havia negado a portabilidade alegando ser uma linha inativa.

Voltei à loja da Oi (que fica ao lado) e falei com o Coordenador. Ele disse que nenhuma das linhas estava ativa. Nenhuma novidade!

Pedi que a linha que aparentemente foi cancelada por acidente fosse ativada. Ele me entregou um chip e disse que estaria ativada em algumas horas.

4 de abril (sexta-feira)

O novo chip continua sem linha

11 de abril (sexta-feira)

Fui até a loja da Oi e quando fui falar com o vendor que me atendeu da primeira vez, ele disse que quem fez a venda da linha foi outra vendedora.

Foi falar com a tal vendedora que herdou o meu contrato e ela me informou que o coordenador não estava na loja, mas que havia passado o caso para ela.

Me foi pedido então um novo prazo para conseguir resolver isso junto à Oi. Essa prazo era de 4 dias, pois estava sem sistema no momento.

Relutante peguei o contato dela e tive aceitar o novo prazo

14 de abril (segunda-feira)

Mandei mensagem para a vendedora que agora estava responsável pelo meu caso, perguntando se havia alguma novidade. Ela me respondeu de forma negativa, informando que estavam sem sistema novamente.

15 de abril (terça-feira)

Fui novamente até a loja, já que foi o prazo passado pela vendedora.

Ela me informou que continuavam sem sistema e que havia tentado a ativação da linha no sábado, mas não estava disponível. Nada poderia ser feito enquanto estivesse sem o sistema.

Perguntei pelo Coordenador e ela disse que estava na outra loja (que fica no mesmo Shopping).

Achei melhor ir até a outra loja.

Chegando lá, percebi que estava entulhada de vendedores. Aparentemente todos tendo que se virar por estar sem sistema também.

Alguém quis evitar que eu chegasse até o Coordenador da outra loja e me chamou até uma das mesas de atendimento.

Contei toda a história para essa pessoa.
meme why is this happening
Expliquei que não sabia mais o que fazer, que talvez tendo os números de protocolo abertos pela loja eu consiga acionar a Anatel ou Procon para ter minha linha de volta.

Nesse momento o coordenador se aproximou da mesa e acompanhando a minha história, disse que conseguiria isso para mim e mandaria no meu e-mail.

A pessoa que estava me atendendo tratou de anotar meus dados de contato e informações da linha.

O coordenador já estava em tom de despedida, quando eu disse que iria esperar pelas informações.

Eis que o coordenador me disse que estava em horário de almoço.

Falei então que iria esperar pela volta dele na outra loja.

Como se já não fosse muito descaso, o tal coordenador me pediu para levar o papel com os meus dados (que a pessoa da loja havia anotado) junto comigo até a outra loja.

meme jackie chan

Ao chegar na outra loja, me aproximei ao grupo de vendedores que conversavam sobre o aleatório e entreguei o papel.

Contei novamente a minha história para os que ainda não conheciam.

Em dado momento da minha espera, achei que ganharia tempo ligando no serviço da Oi.

Como a minha linha que funcionava era da Claro, precisava saber como fazer para ligar para a Oi.

Perguntei para a moça sentada a minha frente qual seria o telefone para contato da Oi. Ela não soube responder, alegando trabalhar somente no caixa.

Com a falta de sistema, os outros vendedores se acumularam em um área fechada da loja. Provavelmente para não serem interrompidos por algum cliente.

Como a única vendedora da loja já estava inclinada a atender um grupo de pessoas que se aproximava, fui até a porta que dava acesso à tal área em que os vendedores estava.

Fui então barrado pela "moça do caixa", dizendo que a área era restrita e que chamaria os seguranças do Shopping.

Meme desk flip
Lá se foi meu último sopro de paciência.

Pedi que o segurança fosse chamado e que a administração do Shopping também.

Foi o insight que eu precisava.

Já que há 4 dias a representante da Oi no Shopping estava sem prestar atendimento por estar sem sistema, nada mais justo do que falara com a Administração do Shopping.

Afinal, se eu tivesse qualquer ligação com o Shopping que leve o nome Iguatemi, estaria no mínimo preocupado com o atendimento precário prestado pela loja.

Fui até o segurança mais próximo e perguntei sobra a administração, mas não sem antes informar os possíveis clientes na porta da loja sobre a falta de linha gerada pelo atendimento daquela loja e da falta de atenção que estava recebendo naquele momento.

Na administração do Shopping fui informado de que deveria preencher um formulário e de que a responsável encaminharia a minha reclamação ao responsável pela loja.

Ao voltar para a loja da Oi, consegui o número da Oi com um dos vendedores que agora conversavam na loja.

Quando liguei para a Oi, informei o número de telefone e fui informado por uma gravação de que eu já havia sido cliente Oi.

Após algum tempo de gravações e números para digitar cheguei a uma opção que seria para ativar uma nova linha.

Agora sim um atendente de call center estava falando comigo.

Ele me fez algumas perguntas e quando disse que era do estado de São Paulo, fui informado de que a ativação da linha deveria ser feita em uma loja da Oi.

meme picard facepalm

Pedi para o atendente aguardar, chamei a vendedora mais próxima e em seguida coloquei no viva-voz para que o atendente repetisse a informação.

Assim que a vendedora escutou que deveria ser na loja, disse que não sabia do meu caso.

Prontamente comecei a contar novamente toda a história.

Ao terminar a história, fui informado que poderia ter ocorrido um erro na hora do primeiro vendedor fazer a alteração do plano, uma vez que ele ainda está em fase de treinamento.

A vendedora continuou a explicar, que nesses casos que a linha é cancelada, o mais inteligente a fazer seria pegar outro número.

Agradeci a informação e perguntei se uma vez que a linha estivesse cancelada, não poderia ser recuperada em outra loja da Oi que tivesse o sistema operante.

Ela me disse para procurar a outra loja da Oi do Shopping e tentar por lá.

Quando estava a caminho da outra loja, encontrei o Coordenador voltando do almoço.

Voltei para a loja que estava e depois de algumas ligações, o coordenador me passou um papel com os 3 últimos protocolos abertos junto à Oi.

O coordenador completou dizendo que aquilo havia acontecido pois eu solicitei a portabilidade.

Juntando a informação que recebi da outra vendedora, perguntei se por acaso a linha tivesse sido cancelada, teria como reativar.

A resposta foi que é possível reativar mas que precisaria do sistema. Que já havia aberto um protocolo reclamando da falta de atendimento dos protocolos abertos.

Como o prazo de 7 dias desse último protocolo ainda não havia vencido, pediu para aguardar mais alguns dias e passou seu contato.

17 de abril (sexta-feira)

Passei mais uma vez na loja da Oi para saber se finalmente havia sistema.

Encontrei o coordenador que ainda espera que eu diga o que estou fazendo lá.

Ele abriu o sistema, orgulhoso de agora estar funcionando e depois de alguns minutos disse que ainda não era possível ativar a linha.

Mas acrescentou que o prazo encerra mesmo até meia-noite.

Só perguntei se quando esse prazo estiver expirado, se abriria outro chamado para reclamar do anterior.

Ele disse que sim.

Encerrei a conversa com "Então vamos aguardar" e agradeci a atenção.

25 de abril (sexta-feira)

Passei novamente na loja e falei com o coordenador. Ele digitou algumas coisa no notebook e me disse "nada ainda".

Perguntei se seria o caso de abrir outro chamado na ouvidoria. Ele disse que agora ele conseguiria abrir um chamado na ouvidoria da ouvidoria.

O novo prazo para esse segundo nível de ouvidoria é de 3 dias.

Vamos aguardar!

Conclusão

Estou eu aqui escrevendo esse Post por não aguentar mais repetir essa história.

Os próximos que me pedirem essa informação (Anatel, Procon, Jornal, Tv, etc), receberão o link para acompanhar toda a jornada de como o meu Oi virou um grande Tchau.